Pesquisa personalizada

25 outubro 2010

Visitar a Praia de Valeiro do Barco - Sarzedo

A praia Fluvial de “Valeiro do Barco” fica situada na Freguesia de Sarzedo, na margem direita do Rio Alva.
A nível paisagístico evidenciam-se os seus açudes com particular destaque para o existente junto à ponte, que pelas suas características naturais permite a localização da praia fluvial.
A zona envolvente encontra-se arborizada por choupos, salgueiros, amieiros e sobreiros. Nas imediações da praia existe um parque de campismo.

Visitar a Ponte de Sarzedo

A Ponte de Sarzedo localiza-se sobre o Rio Alva.

Visitar a Igreja Matriz de Sarzedo

A Igreja Matriz de Sarzedo tem por orago S. João Baptista. Esta Igreja é uma construção de granito de santa Ovais e de grés vermelho da região. A sua construção remonta à segunda metade do século XVIII.
A fachada, de empena de traçado mistilínio, mostra a torre à direita. Porta curva e com cimalha interrompida, com janela de coro de moldura recortada.

24 outubro 2010

Visitar o Fontanário do Largo do Eiró - Sarzedo

Visitar a Ponte da Mucela - São Martinho da Cortiça

A Ponte da Mucela, localizada na Freguesia de São Martinho da Cortiça, é um destacado exemplar da arquitectura gótica civil. Foi construída em 1298 para substituir uma romana. Possui quatro arcos, dois grandes sobre o rio com forte pegão e proeminente talhamar e dois em tamanho decrescente para o lado da povoação.

Visitar a Igreja Matriz de São Martinho da Cortiça

A Igreja Matriz de São Martinho da Cortiça é um amplo edifício, construído em grés regional. Fachada simples, com alta porta rectangular, em cuja verga se grava o brasão dos Cunhas, sobrepujada de janela do coro e de um nicho de pilastras com escultura. As portas travessas são de igual traçado. A torre encontra-se a meio do corpo, oblonga, tendo uma ventana nas faces estreitas e duas nas outras.
O interior mostra duas capelas, abertas nos flancos da nave. Cobrem-se de cúpula simples, de tijolo. Igualmente de tijolo é a abóbada da capela-mor. Os arcos destas capelas e o do cruzeiro são lavrados de tarjas, encontrando-se os pés direitos (só os do lado da frontaria) postos de viés.
O púlpito, lavrado de tarjas, assenta em duas mísulas, sendo da época da construção. O retábulo principal, de madeira dourada, com quatro colunas ligadas por arcos, torcidas e com pâmpanos, é do fim do séc. XVII. Os dois colaterais e os das capelas, todos do mesmo traçado, feitos na segunda metade do séc. XVIII, têm duas colunas, sóis e anjos acroteriais.

Visitar a Capela de Santo Amaro - São Martinho da Cortiça

A Capela de Santo Amaro, localizada na Freguesia de São Martinho da Cortiça, foi reconstruída no Ano de 1880
Apresenta um retábulo de restos de talha dos séc. XVII-XVIII e as imagens de Santo Amaro, tipo setecentista, que veio substituir uma outra roubada pelos franceses, e da Senhora da Conceição, de pedra, do séc. XVI.

23 outubro 2010

Visitar o Pelourinho de Pombeiro da Beira

O Pelourinho de Pombeiro da Beira é um raro exemplar dos pelourinhos ditos de senhorio de nobreza.
A peça de remate, um tronco de cone com as armas dos senhores de Pombeiro, cujo original se encontra fixada no coroamento da empena da capela de Sto. António, foi copiada e esculpida por Luís Carlos Cordeiro de Oliveira.

19 outubro 2010

Visitar a Igreja Matriz de Pombeiro da Beira

A Igreja Matriz de Pombeiro da Beira foi construída no mesmo local em que existiu uma antiga, tendo sido inaugurada a 25 de Dezembro de 1622.
Com uma arquitectura simples, no seu interior é ampla com "três naves colunadas" com 5 arcos, por banda, pouco elevados, partindo os primeiros arcos, dos lados da porta principal, apoiando-se os últimos na parede onde se forma o cruzeiro e todos ao centro, apoiados em quatro colunas, também elas feitas em cantaria avermelhada. Estes aspectos, bem como o magnífico altar mor atestam bem da grandeza do Pombeiro de outrora.

Visitar a Capela da Rainha Santa - Pombeiro da Beira

A Capela da Rainha Santa, localizada na Freguesia de Pombeiro da Beira apresenta uma forma octogonal é datada do séc. XVII e foi mandada erigir pelo Cónego Thomé Nunes em 1663.

Visitar a Barragem de Fronhas - Pombeiro da Beira

A Barragem das Fronhas, localizada na fronteira entre a Freguesia de Pombeiro da Beira e São Martinho da Cortiça, tem uma albufeira que apresenta múltiplas potencialidades para os amantes da Natureza.
Nas suas águas do Rio Alva são abundantes os barbos, as bogas e os achigãs.

Visitar a Torre do Relógio - Pomares

18 outubro 2010

Visitar a Praia Fluvial de Pomares

A Praia Fluvial de Pomares encontra-se junto à ponte que atravessa a Ribeira de Moura.
Dispõe de um enquadramento paisagístico privilegiado junto à ponte, em que o leito da ribeira dispõe de uma represa aí construída, e que possibilita o aumento do caudal e permite assim actividade balnear.
As espécies arbóreas existentes resumem-se a Tileiras na zona de lazer e a pequenas Nogueiras junto à linha de água (Ribeira de Pomares)

Visitar a Ponte da Foz de Moura - Pomares

A Ponte de Foz de Moura foi construída em 1927.

Visitar a Ponte de Pomares

A Ponte de Pomares é uma construção em Pedra constituída por três arcos e fica sobre o Rio Alva

17 outubro 2010

Visitar a Igreja Matriz de Pomares

A Igreja Matriz de Pomares apresenta um corpo de três naves divididas longitudinalmente por três arcos assentes em pilares de granito.
O Altar-Mor é rico em talha e é iluminado pelos vitrais das janelas laterais.

16 outubro 2010

Visitar o Fontanário de Pomares

Visitar a Praia Fluvial de Piódão

A Praia Fluvial de Piódão situa-se na Aldeia de Piódão, escondida nas encostas da Serra do Açor, pela sua maravilhosa e singular composição urbanística.
Na ribeira de Piódão foi construída uma represa que criou uma zona fluvial que reúne condições para a prática da actividade balnear.
As suas margens e toda a área envolvente, encontram-se bastante arborizadas, permitindo zonas de lazer.

13 outubro 2010

Visitar a Praia Fluvial de Foz D'Égua

A Praia Fluvial de Foz D´Égua fica localizada, na Freguesia de Piódão, junto das pontes na junção das Ribeiras de Piódão e Chãs D´Égua, se encontram e seu percurso se trava por uma represa, criando um espelho de água e contribuindo para um local paradisíaco em plena Verão.
O local possui uma beleza natural, que o enquadramento das duas pontes existentes, a proximidade de dois moinhos em xistos, um lagar e os blocos de pedras talhadas pela corrente das ribeiras, permite a utilização turística .
A zona de praia é pouco acidentada, pois resulta da ligação das ribeiras.

Visitar as Pontes da Foz d'Égua - Piódão

As várias pontes rústicas e a ponte suspensa da aldeia de Foz d'Égua, enquadradas pelas casas de xisto moldam a paisagem rural numa encantadora imagem que é obrigatório visitar.

12 outubro 2010

Visitar o Museu do Piódão

O Museu do Piódão apresenta uma exposição constituída por muitas peças doadas pelos habitantes, funciona como uma mostra da memória colectiva da freguesia de Piódão.
A colecção inclui o aerodínamo que trouxe pela primeira vez luz eléctrica à aldeia.

Visitar o Moinho de água da Quinta dos Coiços - Piódão

Visitar a Igreja de São João Baptista - Piódão

A Igreja de São João Baptista, localiza-se na aldeia de Chãs d'Égua, Freguesia de Piódão.

11 outubro 2010

Visitar a Cascata dos Portos de Cima - Piódão

Visitar a Capela de São Domingos - Piódão

A Capela de São Domingos, localizada na aldeia de Sobral Magro, Freguesia de Piódão, apresenta uma torre com semelhanças à da Igreja de Piódão.

Visitar a Igreja de Nossa Senhora da Conceição - Piódão

A Igreja de Nossa Senhora da Conceição, situada na praça principal da Freguesia de Piódão, é o elemento que mais se destaca do cinzento da aldeia, já que se encontra pintada de azul e branco.

Construída no século XVII, a fachada da Igreja foi reconstruída no século XIX ao estilo neoclássico.

Trata-se de um edifício de grande valor arquitectónico, com frontaria formada por quatro finas torres cilíndricas, rematadas em cones e torre sineira de planta quadrada a meio da fachada sul. Existe no templo uma escultura em calcário de Nossa Senhora da Conceição, datada da Segunda metade de Quinhentos.

Conta-se que um dia os habitantes juntaram todo o ouro disponível e mandaram um velho pastor pedir ao Bispo de Coimbra autorização para construir a igreja.

Perante tão dispendiosa solicitação, preparava-se o Bispo para recusar o pedido, quando o velho pastor, abrindo o seu barrete serrano, lhe mostrou as luzidias moedas de ouro necessárias a tal empreitada.

Visitar a Aldeia Típica de Chãs d'Égua - Piódão

A aldeia típica de Chãs d'Égua, pertence à Freguesia de Piódão e é marcada pelas tipicas casas de Xisto.
Chãs d’Égua situa-se no Vale da Ribeira de Chãs d’Égua, a jusante do Cabeço do Gondufo e das Portas d’Égua. Existem indícios que esta é a mais antiga povoação da freguesia, quer nos relatos de geração em geração, quer pela arte rupestre existente. A sua fundação remontará aos anos 700 a 1000 anos a.C.
Segundo a tradição popular, a origem do nome Chãs d’Égua deve-se ao facto de, aquando do povoamento romano serem criadas nas chãs, local rico em água e associado à exploração de minérios, éguas destinadas a serem atreladas nos carros de desporto e combate.

Visitar a Aldeia de Xisto de Piódão

A aldeia de Xisto de Piódão, situa-se numa encosta da Serra do Açor o que lhe confere uma imagem de um verdadeiro postal.
As habitações possuem as tradicionais paredes de xisto, o tecto é coberto com lajes e portas e janelas de madeira pintada de azul. O aspecto que a luz artificial lhe confere, durante a noite, conjugado pela disposição das casas fez com que recebesse a denominação de “Aldeia Presépio”.
O conjunto arquitectónico da povoação forma uma das aldeias históricas protegidas e na década de 1980 recebe o galo de prata, condecoração atribuída à "aldeia mais típica de Portugal".
A aldeia de Piódão foi classificada como Imóvel de Interesse Público.

Visitar o Tanque Comunitário de Valado - Moura da Serra

10 outubro 2010

Visitar o Tanque Comunitário de Casarias - Moura da Serra

Visitar a Piscina de Sorgaçosa - Moura da Serra

Visitar a Fonte do Pião - Moura da Serra

Visitar a Fonte de Casarias - Moura da Serra

Visitar o Fontanário de Valado - Moura da Serra

Visitar a Capela de Valado - Moura da Serra

Visitar a Capela da Sorgaçosa - Moura da Serra

Visitar as Almas do Valado - Moura da Serra

Visitar o Mosteiro de Folques

O Mosteiro de Folques, localizado na Freguesia de Folques, é de origem medieval e encontra-se situado num vale junto à ribeira de Folques, cujos elementos mais antigos são a torre sineira e um dos claustros, do século XV, integrados em edifício seiscentista.
O Mosteiro possui elementos barrocos, num segundo claustro e retábulos em madeira na igreja. Datada do século XVIII, esta igreja é dedicada a São Pedro e possui no seu interior retábulos (principal e colaterais) de madeira entalhada dos finais do século XVII; esculturas de calcário do século XV representando vários santos; esculturas de madeira do século XVIII em representação de São Teotónio e uma Pia de Água Benta, manuelina. A classificação de Imóvel de Interesse Público inclui o recheio artístico e a quinta adjacente.
Actualmente está implantada no local uma escola de formação profissional, que desfruta da rica envolvente paisagística da região.

Visitar a Capela de São Pedro - Folques

A Capela de São Pedro, localizada na Freguesia de Folques, é uma construção do Século XVIII. Inicialmente, esta capela, pertencia ao Mosteiro de Folques.

09 outubro 2010

Visitar a Praia Fluvial de Coja

A Praia Fluvial de Coja é uma das belezas naturais desta freguesia que foi designada como "princesa do Alva". É um local de passagem para aqueles que pretendem conhecer as belezas que a zona serrana encerra.
É uma zona fluvial que reúne condições para a prática da actividade balnear. É constituída por um açude que criou na parte inferior, um “espelho de água”, e cujas margens são constituídas por um areal que permite a permanência de banhistas junto à água. A parte superior é formada por um lençol de água , o que permite, além da actividade balnear, algumas actividades recreativas como, a canoagem, gaivotas e pesca desportiva.
As margens, e a área envolvente à praia fluvial são refrescantemente arborizadas por choupos e amieiros.

07 outubro 2010

Visitar a Ponte Romana - Coja

A Ponte Romana, localizada na Freguesia de Coja, sobre o Rio Alva, possui três Arcos.

Visitar o Pelourinho de Coja

O Pelourinho de Coja, foi reconstruído com as partes recuperadas do pelourinho antigo. É manuelino de haste oitavada e capitel em forma de pinha de folhas.

Visitar a Praia Fluvial de Moinho de Alva - Coja

A Praia Fluvial de Moinho de Alva, localizada na Freguesia de Coja, e banhada pelas águas do Rio Alva, reúne boas condições para a prática da actividade balnear. É constituída por um açude com um espelho de água, e cujas margens são constituídas por um areal que permite a permanência de banhistas junto à água.

06 outubro 2010

Visitar a Igreja Matriz de Coja

A Igreja Matriz de Coja tem como padroeiro S. Miguel. Em 1758 iniciaram-se obras de reparação que duraram quase 70 anos. No ano de 1841 foram mandadas fazer a porta principal, as duas portas transversais e a porta do coro. Só em 1881 foi terminada a construção da Capela-mor.
A fachada do edifício apresenta linhas setecentistas, com a linha da frontaria funda e elegantemente recortada. A porta principal é ladeada por duas compósitas com a bacia de sacada estendendo-se às três janelas rasgadas do coro, que possuem cimalhas em traçados curvos. Possui um nicho em forma de templete que domina a janela central, inscrevendo-se na empena. A torre, à direita, remata em cantarias, de forma bolbosa e do mesmo tipo geral.
A fundição de um sino grande, um pequeno e a grade da frontaria da Igreja, foram terminadas em 1887.
No interior do templo, encontram-se peças de arte sacra de muito valor, bem como retábulos de gosto setecentista, embora executados no séc. XIX.

Visitar a Fonte de Coja

Visitar a Capela de Nossa Senhora da Ribeira - Coja

A Capela da Senhora da Ribeira, localizada na Freguesia de Coja, junto à Ribeira da Mata terá sido construída originariamente no século XVI mas foi reformulada no século XIX, todavia a porta e a janela são do século XVIII. Retábulo de madeira dourada e poli cromada, do século XVIII final, de ornatos concheados, de quatro colunas. No nicho central, uma escultura de calcário da virgem com o menino, do século XVI.

04 outubro 2010

Visitar a Capela do Senhor do Sepulcro - Coja

A Capela do Senhor do Sepulcro, localizada na Freguesia de Coja, terá sido construída entre os séculos XVI e XVII, mais tarde foi removida de um ponto mais baixo, tendo sido reconstruída no último quartel do séc. XIX.

Visitar a Capela de Santo António - Coja

A Capela de Santo António, localizada na Freguesia de Coja, foi construída no século XVIII. Possui as imagens do Santo que lhe dá o nome, de um Santo bispo e de uma Santa mártir.

Visitar as Alminhas de Coja